Contato - Brazil Beef Quality

Brazil Beef Quality LTDA - ME (BBQ)

Avenida João Teodoro, 1234, AnimalsHub, Piracicaba-SP

+55 19 9 9750 1050

bbq@bbq-br.com

©2018 by Brazil Beef Quality - BBQ

  • Brazil Beef Quality

Software Ração de Lucro Máximo 3.3

Principal software de avaliação e formulação de dietas para bovinos de corte do Brasil



O RLM é um software simulação do processo de crescimento animal e otimização do uso de ingredientes e tipos genéticos de bovinos, para maximizar o retorno econômico e reduzir o impacto ambiental, pelo aumento da eficiência. O software é composto por três sub-modelos principais de estimativa das exigências nutricionais e do desempenho (ganho de peso e conversão alimentar). Os algoritmos de otimização permitem otimizar os ingredientes que podem ser utilizados, de forma a obter o desempenho animal da forma mais econômica possível. Os três sub-modelos matemáticos do software estimam os processos de consumo, digestão, metabolismo e crescimento de bovinos.

O programa inclui exigências nutricionais, estimativas de desempenho e deposição tecidual para animais em condições tropicais. Essas equações desenvolvidas e aperfeiçoadas por trabalhos analíticos conduzidos pela própria equipe do Laboratório de Nutrição e Crescimento Animal - ESALQ - USP, bem como através da incorporação de dados publicados por outros grupos, em especial o NRC 1996. Além do modelo biológico, o RLM possui um módulo de otimização linear, que calcula a composição alimentar de menor custo, atendendo a todas as exigências nutricionais calculadas pelo modelo biológico e a todas as restrições nutricionais e alimentares impostas pelo usuário, visando obter máximo desempenho econômico. O sub-modelo de otimização do RLM 3.2 formula dietas completas, concentrados, proteinados e sal mineral utilizando diversos objetivos de otimização: · menor custo da formulação (lucro máximo); · máximo ganho de peso; · menor custo do ganho; · menor custo da matéria seca; · menor custo do confinamento; · menor custo diário; · data definida. As dietas e suplementos formulados atendem as exigências nutricionais. Portanto, o software agrega valor, garantindo aos produtores que seus animais terão as exigências nutricionais atendidas. Para as empresas, o valor agregado é repassado para seus clientes por meio dos bons resultados econômicos dos sistemas de produção. O RLM é utilizado também por produtores para planejamento e execução dos programas de alimentação; pela indústria farmacêutica para o desenvolvimento e uso de aditivos nutricionais. Esta ferramenta é muito utilizada por fundos de investimentos e por investidores em geral, pois simula o ambiente econômico e permite ao produtor e financiador definir se vale a pena comprar grãos e animais em cada época específica do ano, dependendo do ambiente econômico. Empresas que vendem alimentos podem simular pelo sistema o valor da sua matéria prima em comparação com outros de mesma composição. O efeito dos custos de frete também podem ser simulados, identificando a competitividade de um determinado suplemento. A identificação de dietas mais viáveis pode representar o sucesso econômico de sistemas, onde a alimentação representa a maior proporção dos custos operacionais envolvidos. O RLM pode reduzir em até 50% do custo médio de dietas e suplementos utilizados na nutrição animal, quando comparado às formulações que usam métodos tradicionais de formulação.

A tecnologia presente no software o torna inovador quando inclui um modelo biológico parametrizado por dados experimentais nacionais. É também inovador na inclusão, nos modelos de simulação, dos resultados ambientais, como gases de efeito estufa (CO2 e metano) e componentes do esterco (fósforo, potássio entre outros) em condições brasileiras. Com modelos biológicos e econômicos integrados (modelo biológico de exigências, biblioteca de alimentos e otimizador), base de dados e estimativas baseada em experimentos científicos, o RLM está em fase de expansão no mercado nacional, estimando-se que mais de 70% dos bovinos confinados no Brasil tenham dietas balanceadas com o sistema. Antes do lançamento do RLM 2.0 e 3.0 vários testes com resultados de experimentos e confinamentos comerciais foram realizados para validar as equações e os modelos de otimização. Na versão 3.0 Almeida (2005) e Hoffmann (2007) em suas teses parametrizaram e avaliaram o modelo com base em dados experimentais e comerciais, dando ainda maior segurança no uso do modelo. Após a inclusão de equações e alterações de parâmetros, o modelo proposto foi avaliado de duas formas: a partir de resultados experimentais independentes e, a partir de resultados obtidos em confinamentos comerciais do Brasil Central (mais de 100 mil dados de desempenho foram utilizados). A acurácia e a precisão do modelo foram testadas comparando o consumo de matéria seca (CMS) e o ganho de peso em jejum (GPDj) preditos pelo modelo aos valores observados. Regressões lineares foram traçadas entre valores preditos e observados e os resíduos foram descritos em função de algumas variáveis. Após criteriosa análise, o modelo mostrou-se como uma ferramenta útil para estimativa do desempenho do gado de corte em confinamento. Entretanto, para a constante atualização a partir de necessidades do mercado e adequação dos resultados de pesquisa e validações sempre deverão ser realizados.

#RLM

#RLMcorte

#ração

#confinamento


LNCA-ESALQ-USP; Integra Software® 2004-2018

90 visualizações